(11) 3717-0420

Passageiros que estiveram no Brasil 14 dias antes de chegar a Turquia, indepen-dente da nacioPassageiros que estiveram no Brasil 14 dias antes de chegar a Turquia, indepen-dente da nacionalidade serão submetidos a uma quarentena de 14 dias em locais determinados pelo governo turco. A finalização da quarentena será realizada no 14° dia, se o resultado do novo teste de RT-PCR for negativo.No caso de passageiros provenientes do Brasil, continua a ser exigida a apresen-tação de teste negativo de RT-PCR para COVID-19 feito 72h antes da chegada a Turquia. Além do teste, é necessário preencher a declaração de saúde, disponível em %EE%A3%A9https://register.health.gov.trHá regras distintas para passageiros provenientes de outros países, em casos de dúvidas contate a Central de Atendimento da Turkish Airlines ou o IATA CENTRE, disponível em  https://www.iatatravelcentre.com/passport-visa-health-travel-document-requirements.htm

Os voos entre Brasil-Turquia seguem operando  normalmente e os passageiros com origem do Brasil podem realizar as  conexões no hub de Istambul sem problemas, desde que não saiam da área de trânsito internacional. delete content_copy drag_handlenalidade serão submetidos a uma quarentena de 14 dias em locais determinados pelo governo turco. A finalização da quarentena será realizada no 14° dia, se o resultado do novo teste de RT-PCR for negativo.

No caso de passageiros provenientes do Brasil, continua a ser exigida a apresen-tação de teste negativo de RT-PCR para COVID-19 feito 72h antes da chegada a Turquia. Além do teste, é necessário preencher a declaração de saúde, disponível em  https://register.health.gov.tr

Há regras distintas para passageiros provenientes de outros países, em casos de dúvidas contate a Central de Atendimento da Turkish Airlines ou o IATA CENTRE, disponível em  https://www.iatatravelcentre.com/passport-visa-health-travel-document-requirements.htm

Os voos entre Brasil-Turquia seguem operando  normalmente e os passageiros com origem do Brasil podem realizar as  conexões no hub de Istambul sem problemas, desde que não saiam da área de trânsito internacional.

Passageiros provenientes do Brasil poderão entrar em território libanês, desde que apresentem resultado negativo de teste de RT-PCR por laboratórios certificados pelas autoridades locais do país, até 96h antes da chegada ao Líbano, exceto crPassageiros provenientes do Brasil poderão entrar em território libanês, desde que apresentem resultado negativo de teste de RT-PCR por laboratórios certificados pelas autoridades locais do país, até 96h antes da chegada ao Líbano, exceto crianças abaixo de 12 anos.Todos os passageiros que chegam ao país, devem apresentar uma reserva de hotel confirmada para 5 dias/4noites em um dos hotéis listados abaixo:

MAY FLOWER BEIRUT-HAMRA

E-mail: res@mayflowerbeirut.com 

Fone: +96113400680 Ext 0 ou 220

Fone: +96171612126 / +9613243535


ROYAL TULIP HOTEL-ACHRAFIEH

E-mail: reservation@royaltulipachrafieh.com

Fone: +96111333048

Whatsapp: +9617666314 / +9617666312


ALIFE APART HOTEL-SODECO

E-mail: reservations@alifehotels.com

Fone: +961333099

Whatsapp: +96176116777 / +9613570333


Um novo teste de RT-PCR será realizado na chegada ao Líbano, exceto para crianças menores de 12 anos. Na chegada ao Líbano, ônibus dos hotéis irão realizar o transporte entre o aeroporto e os hotéis, onde os passageiros deverão permanecer em quarentena por 5 dias/4 noites. Durante este período ficarão sujeitos a um novo teste de RT-PCR em um dos laboratórios autorizados pelo Ministério de Saúde do Líbano.Os passageiros diplomatas estão isentos da hospedagem nos hotéis na chegada, porém devem realizar a quarentena obrigatória em seus locais de residência no Líbano.Aos passageiros que tomaram a segunda dose da vacina contra COVID-19 há mais de 14 dias do embarque, e aqueles que foram infectados e curados do COVID-19 dentro dos 90 dias antes do embarque (é necessário apresentar documentos oficiais comprovando estas informações), estarão isentos da realização do teste de RT-PCR para embarque e não precisarão realizar a quarentena obrigatória na chegada, no entanto deverão realizar o teste de RT-PCR na chegada ao Líbano.Os passageiros brasileiros que chegam ao Líbano podem obter o visto de turista na chegada, também é necessário preencher um formulário de registro, disponível em https://covid.pcm.gov.lb/ , que gerará um código via SMS que deve ser apresentado as autoridades libanesas, além da obrigatoriedade de instalar o aplicativo "covidlebtrack" no celular.Há regras distintas para passageiros provenientes de outros países, em casos de dúvidas contate a Central de Atendimento da Turkish Airlines ou o IATA CENTRE, disponível em https://www.iatatravelcentre.com/passport-visa-health-travel-document-requirements.htm 

Todos os documentos exigidos e resultados de testes de RT-PCR devem ser apresentados em inglês e todos os custos referentes a hospedagem e exames adicionais são por conta dos passageiros (na Turquia a hospedagem nos locais estabelecidos será custeada pelo governo turco).Estas informações estão sujeitas a alterações e atualizações, de acordo com decisões das autoridades dos países envolvidos. delete content_copy drag_handleianças abaixo de 12 anos.

Todos os passageiros que chegam ao país, devem apresentar uma reserva de hotel confirmada para 5 dias/4noites em um dos hotéis listados abaixo:

MAY FLOWER BEIRUT-HAMRA
E-mail: res@mayflowerbeirut.com
Fone: +96113400680 Ext 0 ou 220
Fone: +96171612126 / +9613243535

ROYAL TULIP HOTEL-ACHRAFIEH
E-mail: reservation@royaltulipachrafieh.com
Fone: +96111333048
Whatsapp: +9617666314 / +9617666312

ALIFE APART HOTEL-SODECO
E-mail: reservations@alifehotels.com
Fone: +961333099
Whatsapp: +96176116777 / +9613570333

Um novo teste de RT-PCR será realizado na chegada ao Líbano, exceto para crianças menores de 12 anos. Na chegada ao Líbano, ônibus dos hotéis irão realizar o transporte entre o aeroporto e os hotéis, onde os passageiros deverão permanecer em quarentena por 5 dias/4 noites. Durante este período ficarão sujeitos a um novo teste de RT-PCR em um dos laboratórios autorizados pelo Ministério de Saúde do Líbano.

Os passageiros diplomatas estão isentos da hospedagem nos hotéis na chegada, porém devem realizar a quarentena obrigatória em seus locais de residência no Líbano.

Aos passageiros que tomaram a segunda dose da vacina contra COVID-19 há mais de 14 dias do embarque, e aqueles que foram infectados e curados do COVID-19 dentro dos 90 dias antes do embarque (é necessário apresentar documentos oficiais comprovando estas informações), estarão isentos da realização do teste de RT-PCR para embarque e não precisarão realizar a quarentena obrigatória na chegada, no entanto deverão realizar o teste de RT-PCR na chegada ao Líbano.

Os passageiros brasileiros que chegam ao Líbano podem obter o visto de turista na chegada, também é necessário preencher um formulário de registro, disponível em https://covid.pcm.gov.lb/ , que gerará um código via SMS que deve ser apresentado as autoridades libanesas, além da obrigatoriedade de instalar o aplicativo "covidlebtrack" no celular.

Há regras distintas para passageiros provenientes de outros países, em casos de dúvidas contate a Central de Atendimento da Turkish Airlines ou o IATA CENTRE, disponível em https://www.iatatravelcentre.com/passport-visa-health-travel-document-requirements.htm

                                   _______________________________________________________ 

Todos os documentos exigidos e resultados de testes de RT-PCR devem ser apresentados em inglês e todos os custos referentes a hospedagem e exames adicionais são por conta dos passageiros (na Turquia a hospedagem nos locais estabelecidos será custeada pelo governo turco).

Estas informações estão sujeitas a alterações e atualizações, de acordo com decisões das autoridades dos países envolvidos.

PRINCESS CONSOLIDADORA

Avenida da Liberdade, 1000,
Liberdade, São Paulo - SP | CEP: 01502-001